O Centro de Acolhimento é uma resposta social que surge para atender às necessidades das crianças em situação de risco, devendo caracterizar-se, fundamentalmente por garantir o acolhimento imediato e absolutamente transitório de crianças em situações de urgência, decorrentes de abandono, maus tratos, negligência ou outros factores que comprometam a sua integridade física e psicológica, num ambiente o mais próximo possível do familiar.

A Fundação dispõe de dois equipamentos deste tipo, com disponibilidade para acolher 14 crianças e 12 jovens, nas faixas etárias dos 0 aos 6 anos e dos 12 aos 18, respectivamente.

O trabalho realizado nestes equipamentos contam com uma equipa multidisciplinar especializada (Psicólogos, Assistente Social, Educadora de Infância/Animadora Sócio-Cultural, Ajudantes de Acção Directa) que acompanha cada criança no sentido de efectuar estudos rápidos e diagnósticos concretos, conducentes à definição do "Projecto de Vida" adequado a cada menor, num trabalho de grande articulação com as entidades que têm competência para solicitar o acolhimento: Tribunal de Família e Menores, Segurança Social e Comissão de Protecção de Crianças e Jovens.

Grande parte dos menores acolhidos nestas respostas sociais, sobretudo nas faixas etárias abaixo dos seis anos de idade, tem como único projecto de vida possível a "adopção", havendo, no entanto, famílias que, devidamente apoiadas, se conseguem reorganizar no sentido de permitir o retorno da criança à sua família biológica.

DOWNLOAD DE DOCUMENTOS:

Plano de Atividades